^ Back to Top

A Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio esteve representando a cidade de Silva Jardim no Salão Estadual de Turismo 2013. O evento aconteceu nos dias 22, 23 e 24 de novembro num dos cartões postais mais famosos do mundo: o Caminho Niemeyer, em Niterói.

O Salão foi aberto ao público e totalmente gratuito, e os visitantes encontraram exposição de carros antigos, estande de aventura com escaladas, passeios de saveiro pela Baia de Guanabara e visitas guiadas por todo o Caminho Niemeyer e outros roteiros locais, além de shows e muitas atrações musicais e artísticas.

De grande importância para a consolidação do turismo fluminense, o evento teve como objetivo divulgar as maravilhas do Estado do Rio de Janeiro como destino turístico, reunindo o que há de melhor do turismo fluminense e de outros estados brasileiros.Além de possibilitar que milhares de pessoas conhecessem os atrativos e produtos turísticos do estado - que incluíam desde os destinos mais badalados aos mais novos roteiros do turismo cultural, ecológico, religioso, de aventura, náutico, esportivo e rural - o Salão Estadual de Turismo proporcionou ao público a experiência de conhecer os requintes do artesanato, a tradição folclórica e contemporânea das produções culturais e a gastronomia típica dos 92 municípios do estado.

 A participação da Secretaria Municipal de Turismo de Silva Jardim foi de fundamental importância para divulgação, através de um vídeo turístico elaborado pela Secretaria, dos atrativos turísticos da cidade para o resto do estado, país e mundo, já que vários representantes de agências de turismos e profissionais do meio estiveram presentes no evento. Representaram o município de Silva Jardim no evento o Secretário de Turismo Marcos Antônio (Marquinho Caranga), Tiago Gomes (Diretor de Turismo) e Nandia Menezes (Assessora da Secretaria).

 

 

 

No dia 12 de outubro, o município de Silva Jardim comemorou o Dia das Crianças em grande estilo,  com uma festa organizada pela Prefeitura que animou as famílias da cidade no centro do município.

 O evento contou com a presença de diversas  crianças e adolescentes acompanhadas de seus pais. Quem compareceu a festa pôde se divertir  com vários brinquedos como: pula-pula, touro mecânico, tobogã e piscina de bolinhas.Para repor as energias das crianças foi oferecido picolé, cachorro-quente e guaraná natural.O prefeito Anderson Alexandre e sua família marcaram presença na festa, além de várias autoridades do município.O prefeito destacou a importância de celebrar  datas como essa  com alegria e poder oferecer lazer para a as famílias silvajardinenses.

Além disso,  a celebração da data em Silva Jardim também foi marcada pelas  apresentações de dança (dançarinos clássicos Raissa e Rian, grupo de dança do PROJOVEM e grupo de dança do Complexo Educacional Cesar Alvim), música (Orquestra de sucata do PROJOVEM) e teatro (Grupo de Teatro do PROJOVEM, que apresentou uma peça falando da importância de se colocar o lixo no seu devido lugar).

 A festa foi encerrada com  com um show do grupo de pagode  Pura Envolvência  e com a distribuição de presentes que fizeram a alegria da garotada e de toda a população de Silva Jardim  neste Dia das Crianças. 

A apresentação do grupo local “SJ Samba Show” agitou o público no último dia de eventos do 1º Festival de Inverno de Silva Jardim, no dia 25 de agosto, na arena de eventos.

Iniciado no dia 23 de agosto, o evento contou ainda com um show de “Dinho Campos” e banda (pop-rock) no primeiro de dia de festa, e do conjunto de forró “Filhos da Aldeia” no dia 24 de agosto. O evento contou com a presença dos munícipes, muitos turistas da região, além dos secretários municipais, do vice-prefeito Tião Rocha e do prefeito Anderson Alexandre.

Os shows levaram centenas de pessoas a Silva Jardim durante as três noites do evento, que passou a integrar o calendário oficial de eventos da cidade.  O 1 º Festival de Inverno de Silva Jardim foi fruto da  parceria entre a prefeitura municipal e o governo do estado.

 O prefeito Anderson Alexandre destacou que festas como essa são uma boa oportunidade de lazer para os moradores, assim como para atrair turistas e movimentar a economia local

 

Leia mais:1º Festival de Inverno de Silva Jardim leva centenas de pessoas às ruas da cidade

Depois de um mês aberto para inscrições de receitas e produtos cultivados no estado, o concurso “7 Maravilhas Gastronômicas do Estado do Rio de Janeiro”divulga a lista dos finalistas. São 56 candidatos divididos em sete categorias: Da Água, Da Terra, Entradas e Petiscos, Refeição, Bebidas, Doces e Sobremesas, e Laticínios.

Idealizado pelo escritor e jornalista Chico Junior, o concurso tem como objetivo desvendar as relíquias culinárias fluminenses das praias às montanhas. Inicialmente, Chico apresentou um punhado desses tesouros, que marcam o paladar do nativo ou do turista, como o biscoito Globo, a cachaça de Paraty, a feijoada e a caipirinha, dentre muitos outros. O público participou com dezenas de novas indicações, das quais 16 foram selecionadas, como o bacalhau da Gruta Santo Antônio, em Niterói; o caldinho de feijão; a sardinha frita de Cabo Frio; a Banana Ouro do pé da Serra, em Xerém, e outras mais.

 

Votação

Em 5 de agosto começa a votação popular pela internet, que vai até 31 de outubro. Serão eleitas as 7 Maravilhas, uma de cada categoria, que receberem mais votos. A premiação pretende revelar, junto com os participantes, que o Rio de Janeiro, além de belo, é gostoso.

As produções locais, a artesania e o saber de cada receita colaboram para o desenvolvimento socioeconômico, cultural e turístico.  “Através da culinária, conhecemos os hábitos, a história e a cultura do povo de cada região”, diz Chico Junior, também pesquisador da gastronomia regional brasileira e do Estado do Rio. Ele é autor dos livros “Roteiros do Sabor Brasileiro” (patrocinado pelo Sebrae Nacional), e “Roteiros do Sabor do Estado do Rio de Janeiro” (Editora Senac-Rio).  Não há apenas um prato que o represente, mas um tesouro de sabores à espera de ser desvendado, seja pelo carioca, ou pelo visitante numa viagem de encontro com a origem e a identidade. O concurso tem apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro.

 

Serviço:

7 Maravilhas Gastronômicas do Estado do Rio de Janeiro

Site:www.projetomaravilhas.com.br

Datas:

Votação das 7 Maravilhas: De 05 de agosto a 31 de outubro

Premiação: Novembro

 

Lista de Finalistas:


BEBIDA 
Cachaça  (Paraty) Café Tassinari (São José do Vale do Rio Preto) 
Caipirinha (Rio de Janeiro)Vinho de Jabuticaba (Varre-Sai)

DA ÁGUA 
Tilápia (Piraí)
Trutas da Serrinha do Alambari (Itatiaia)
Trutas de Friburgo (Nova Friburgo)
Trutas do Rocio (Petrópolis)
Vieiras (Ilha Grande/Angra dos Reis)
Truta Rosa (Visconde de Mauá)

DA TERRA 
Baby aipim (Santa Cruz/Rio de Janeiro)
Goiaba (Cachoeira de Macacu)
Macadâmia (Piraí)
Orgânicos do Sítio do Moinho (Itaipava/ Petrópolis)
Palmito Pupunha (Silva Jardim)
Pinhão (Visconde de Mauá)
Temperos e ervas do Sítio Provence (Brejal/Petrópolis)
Tomate (Paty de Alferes)
Banana Ouro (Xerém/Duque de Caxias)
Batata Baroa (Nova Friburgo)
Orgânicos do Sítio Cultivar (Nova Friburgo)

DOCES & SOBREMESAS 
Chuvisco (Campos dos Goytacazes)
Doces Carmem (Miguel Pereira)
Doces e geleias da Valéria Fernandes (Teresópolis)
Doces e geleias do Sitio Humaytá (Secretário/Petrópolis)
Doces e geleias Mr. Paul (Petrópolis)
Goiabada cascão da Theresa Quintella (Três Rios)
Mel do Apiário Amigos da Terra (Nova Friburgo)
Pastel de Nata (Quissamã)
Cocada Assada (Rio de Janeiro)
Goiabada Cascão (Campos dos Goytacazes)
Tortas e Doces da Confeitaria Kurt (Rio de Janeiro)
Mel (Teresópolis)

ENTRADAS E PETISCOS 
Biscoito Globo (Rio de Janeiro)
Pasteis do Bar do Chuveiro (Angra dos Reis)
Patê da Coisas da Fazenda  (Itaipava/Petrópolis)
Salgadinhos do Cospe Grosso – Rei dos Salgadinhos (Resende)
Caldinho de Feijão (Rio de Janeiro)
Pastéis do Bar Urca (Rio de Janeiro)
Acepipes da Arte em Conservas (Vale das Videiras/Petrópolis)
Sardinha Frita (Cabo Frio)


LACTICÍNIOS 
Queijo Minas frescal do Sítio Solidão (Miguel Pereira)Queijo Minas frescal orgânico da Fazenda Vale das Palmeiras (Teresópolis)
Queijos de cabra da Fazenda Génève (Teresópolis)Queijo de cabra De Ville (Secretário/Petrópolis)
Queijos da Pedra Selada (Pedra Selada/Visconde de Mauá)Queijos Frialp-Queijaria suíça (Nova Friburgo)

REFEIÇÃO 
Camarão casadinho (Paraty)
Feijoada (Rio de Janeiro)
Filé à Oswaldo Aranha (Rio de Janeiro)
Nhoque de aipim (Sana/Macaé)
Peixe com banana da Costa Verde (Angra dos Reis, Ilha Grande e Paraty)
Picadinho carioca (Rio de Janeiro)
Sopa Leão Veloso (Rio de Janeiro)
Bacalhau da Gruta de Santo Antônio (Niterói)
Angu do Gomes (Rio de Janeiro)

 

Disputa elege receitas e produtos que são a marca registrada da culinária fluminense

 

A cidade de Silva Jardim  vem se destacando também no setor de culinária. Devido a isso, o município estará participando do concurso “As 7 Maravilhas Gastronômicas do Estado do Rio de Janeiro” que vai eleger, por votação popular na internet, os produtos mais representativos da culinária fluminense.

O município da Baixada Litorânea estará representado pelo prato palmito pupunha e irá concorrer com iguarias como o biscoito Globo, famoso nas praias do Rio; o chuvisco de Campos dos Goytacazes; a cachaça de Paraty; o filé à Oswaldo Aranha; a caipirinha; a feijoada; o picadinho carioca; os doces Carmem, de Miguel Pereira; a macadâmia de Piraí e os doces e geleias do Sítio Humaytá, de Petrópolis. Ao todo foram selecionados 40 pratos diferentes dos pelo curador e coordenador do projeto, o jornalista e escritor Chico Júnior.

Durante o mês de julho o público poderá colaborar indicando outras marcas registradas, com sua procedência e a justificativa para concorrer ao título. As sugestões para inclusão de prato ou produto serão avaliadas pela coordenação do concurso, considerando suas relações histórico-culturais com a cidade ou região. Em agosto, os fluminenses poderão começar a eleger suas maravilhas gastronômicas pelo site oficial, indicando sete itens da lista divulgada. Serão eleitos os produtos que receberem mais votos.

Inédito no Brasil, o concurso busca valorizar e divulgar a gastronomia do Estado do Rio de Janeiro. As produções locais e o saber de cada receita colaboram para o desenvolvimento socioeconômico, cultural e turístico.  “Através da culinária, conhecemos os hábitos, a história e a cultura do povo de cada região”, diz Chico Júnior, também pesquisador da gastronomia regional brasileira e do Estado do Rio. Ele é autor dos livros “Roteiros do Sabor Brasileiro” (patrocinado pelo Sebrae Nacional), e “Roteiros do Sabor do Estado do Rio de Janeiro” (Editora Senac-Rio).

O prefeito Anderson Alexandre destacou que a escolha do prato só valoriza o setor econômico da cidade e pede que toda a população silvajardinense vote na iguaria local no concurso que conta com o apoio do Governo do Estado.

 

 

Prefeitura Municipal de Silva Jardim - CNPJ: 28.741.098/0001-57 - Tels:(22) 2668-1125/2668-1430/2668-2000 - Rua Luiz Gomes, 46, Centro - Silva Jardim/RJ - CEP: 28820-000