^ Back to Top


O Prefeito Anderson Alexandre nomeou o renomado Turismólogo Felipe Rocha para assumir a Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio de Silva Jardim.

Felipe Rocha é Turismólogo com pós-graduação em Políticas Públicas e MBA em Gestão de Pessoas, é guia de Turismo Regional Nacional e da América do Sul. Foi professor da UFF – Universidade Federal Fluminense, da UFRRJ – Universidade Federal Rural do Estado do Rio de Janeiro, e da Faculdade Paraíso onde ambas lecionou no curso de graduação em Turismo.

 É uma lagoa natural localizada entre os Municípios de Silva Jardim e Araruama, sendo que cerca de 70% da lagoa pertence a Silva Jardim. O nome Juturnaíba tem origem Tupi, foi adotado pelos índios Tamoios e permaneceu para sempre, preservando as tradições. 

Com aproximadamente 43 quilômetros quadrados de área e profundidade média de seis metros, a Lagoa de Juturnaíba possui pequenas ilhas e acha-se circundada por áreas de mata virgem e de vegetação rasteira, além de pequenas elevações. Em sua área total, encontramos, também, extensos campos de pastagens de gado bovino, propiciando o estabelecimento de várias fazendas na região.

Lagoa de água doce, com temperatura amena em torno de 16 graus, possui 18 quilômetros de extensão navegável. É uma área de grande atração pesqueira e os amantes dessa atividade podem se deliciar com o prazer de fisgar várias espécies cobiçadas, como: Tucunarés, robalos, traíras, bagres, piáus, piabanhas, sairus e cascudos. E em suas margens podem-se alugar barcos para a pesca.

Com as iscas no anzol é só separar os temperos e se preparar para comer uma super peixada!!! A Lagoa de Juturnaíba pode oferecer, ainda, muitas oportunidades para a prática de esportes náuticos, além de ter à sua volta simpáticos bares e restaurantes, onde o visitante pode passar um ótimo dia descansando e apreciando a bela natureza à sua volta.

Na década de 1980, a Lagoa foi ampliada com a construção de uma barragem no rio São João. E hoje a Lagoa de Juturnaíba constitui-se em um importante reservatório que abastece os municípios da Região dos Lagos.

 

Um carnaval familiar com muita tranquilidade e segurança. Assim foi a festa de Momo em Silva Jardim onde todas as noites foram abertas pela banda Marchinhas e Cia, comandada pelo músico Jorginho do Cavaco e formada por músicos locais. Na sexta – feira a Banda “Strategya” comandou a animação, já no sábado houve a apresentação da Banda Fuzueira (Axé) além do bloco Perereca Banguela que com muita alegria arrastou os foliões.

No domingo a mesma animação proporcionada principalmente pela banda de marchinhas local que tocou clássicos de antigos carnavais como “Mamãe eu Quero”, “Colombina”, “Balancê, Balancê”, “Mulata Bossa Nova”, “Sassaricando”, “Índio quer Apito”, “Nêga Tanajura”, “Se a Canoa não Virar”, “Cabeleira do Zezé”, “O Amanhã”, “Bafo da Onça” e “Jardineira”, entre tantos outros sucessos e  levaram jovens e pessoas de meia-idade a pularem e se divertirem junto ao palco montado na arena de eventos ao lado do prédio da Prefeitura que teve como atração o cantor Junior Barretos.A festa  teve ainda a tradicional animação no distrito de Aldeia Velha. 

Aldeia Velha, conhecida pela sua tranquilidade e belos rios e cachoeiras, também atraiu muitos visitantes que se deliciaram com a animação. A estrutura para o evento (tenda, som e bandinha, assim como uma equipe do Samu), foi proporcionada pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio.

Na segunda – feira a festa de Momo, além da tradicional animação no distrito de Aldeia Velha teve tb a apresentação da banda Ex - Energia, no Centro da cidade e se apresentaram ainda os blocos “Imprensa que eu Gamo”, “Melhor Idade” e , além de “Piabas de Aldeia” (Aldeia Velha).

Na terça – feira, último dia de carnaval, o Boca de Álcool abriu os festejos dando aquele tradicional e esperado banho de água nos foliões, onde para isso, foi usado um caminhão pipa da prefeitura que seguiu todo o percurso jorrando jatos e refrescando a multidão que acompanhou com muita animação, em seguida veio o segundo desfile do bloco Ki Delícia e a noite ficou completa com a apresentação da banda Bonde Brasil.

O carnaval silva-jardinense 2014 foi contagiante e seguro, onde as famílias puderam ir pra rua, brincar e realmente serem felizes.



A animação em Aldeia Velha ficou por conta da euforia dos foliões no desfile do bloco “Piabas de Aldeia” puxado por uma bandinha também formada por músicos do próprio Município. Composta por Roberto Lara, Leandro, Paulo Cezar Silva, Enrique Amorim, Aleixo, Mário, Nino e Marquinhos a “furiosa” executou antigos sucessos como “Cabeleira do Zezé”, “Mamãe eu Quero” e “Balancê, Balancê”, entre outros. A agremiação apresentou muitos foliões fantasiados de mulher que saíram de uma das ruas transversais do povoado e seguiram pela via principal, passando pelo palco montado na esquina e indo até a igreja católica. 

O lugarejo, conhecido pela sua tranquilidade e belos rios e cachoeiras, também atraiu muitos visitantes que se deliciaram com a animação. A estrutura para o evento (palco, som e bandinha, assim como uma equipe do Samu), foi proporcionada pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio.

Como foi o caso do carpinteiro Sirley de Paula, de 34 anos, residente em Rio Bonito e que estava com a mulher e filhos: “eu amo o carnaval aqui e venho para cá praticamente todos os anos”, declarou ele enquanto sambava. Opinião parecida tem o contabilista Marcelo da Silva Santos. Morador de Rio das Ostras, ele disse ser o segundo ano que prefere passar em Aldeia Velha acompanhado de praticamente toda a família.



O concorrido e animado desfile do bloco carnavalesco “Ki-Delícia” marcou o terceiro dia de carnaval ontem (domingo, 02/03), em Silva Jardim. A festa de Momo teve ainda a tradicional animação no distrito de Aldeia Velha, assim como a banda de marchinhas formada por músicos locais e a apresentação do cantor Bruno Barreto, no Centro da cidade. Dando prosseguimento à programação hoje (segunda-feira, 03/03), a partir das 20 horas, se apresentam os blocos “Imprensa que eu Gamo”, “Melhor Idade” e “Coco Copo” (no Centro), além de “Piabas de Aldeia” (Aldeia Velha) e “Los Bananas” (em Bananeiras). 

Saindo da concentração no Restaurante “Ki-Delícia”, no bairro Caju, por volta das 22 horas, o bloco de mesmo nome arrastou uma multidão de foliões até o palanque na arena de eventos ao lado da Prefeitura onde seus componentes se uniram à grande quantidade de pessoas que já se encontrava no local. 

Segundo o idealizador e coordenador da agremiação, o comerciante Anápio Campos, mais conhecido como Napinho, foram distribuídas 350 camisetas (abadás) e cinco mil latas de cervejas carregadas numa Kombi durante todo o percurso. O bloco leva o nome do restaurante localizado no bairro Caju, onde foi fundado, no ano passado.

Eufórico com a grande quantidade de pessoas, Napinho disse que isso era o resultado da união de todos os que gostam de brincar e da organização dos participantes durante todo o ano. Esse foi o segundo ano que o “Ki-Delícia” participou do carnaval de Silva Jardim. Puxado por Yuri Gonçalves, o samba do bloco tem o refrão: “o nosso bloco/vai virar notícia/vamos todos nos acabar/no bloco Ki-Delícia”, que foi cantado pelo puxador no palco do Centro da cidade enquanto os foliões pulavam na arena. 

Antes da apresentação do Ki-Delícia se apresentou a banda de marchinhas formada por músicos locais com os tradicionais sucessos de antigos carnavais. Após foi a vez de Bruno Barreto e banda continuarem animando a galera com músicas a exemplo de “Ai se eu te Pego”, “Lepo-Lepo”, “Eva”, “Cavalinho” e “Camaro Amarelo”, entre outras até quase às duas horas da madrugada.

Prefeitura Municipal de Silva Jardim - CNPJ: 28.741.098/0001-57 - Tels:(22) 2668-1125/2668-1430/2668-2000 - Rua Luiz Gomes, 46, Centro - Silva Jardim/RJ - CEP: 28820-000