^ Back to Top

       

  Técnicos em engenharia estiveram ontem (09/09) em Silva Jardim a fim de iniciarem os estudos para a implantação de sinalização, vias compartilhadas e ciclovias no Centro da cidade e adjacências. 

      Acompanhados pelo vice-prefeito, Tião Rocha, e dos secretários municipais de Ordem Pública, de Transportes e de Turismo, Indústria e Comércio, respectivamente Dênis Pessanha, Fernando Alexandre e Marcos Antônio Gomes do Nascimento, eles visitaram pontos na rodovia RJ-140, próximo ao cemitério central, assim como nas ruas Luiz Gomes e Augusto Antônio de Amorim. Também foram nas avenidas Oito de Maio e Silva Jardim, além das ruas Alfheno Camargo de Mello e Pedro Pereira Garcia (Fazenda Brasil). A pedido do próprio prefeito Anderson Alexandre a empreiteira vai elaborar um projeto sobre a obra.  

Os técnicos verificaram, ainda, o que será preciso para facilitar o acesso à nova rodoviária municipal e a fim de resolver os problemas de estacionamento na Rua Luiz Gomes em virtude da obra de revitalização realizada pela administração anterior.

Os especialistas adiantaram que em determinados pontos será possível instalar vias compartilhadas e/ou ciclovias com estacionamentos em uma ou nas duas margens das vias. Enquanto em outros poderão haver “vias compartilhadas”, com sinalização pintada no piso. 

Revisão das obras do Centro

     O município também iniciou os estudos para a revisão das obras de urbanização do Centro da cidade realizadas pelo governo anterior no trecho entre a rodoviária municipal e a Praça Amaral Peixoto. Segundo o secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Matheus Netto, que coordena o trabalho com o vice-prefeito e secretário de Obras, Tião Rocha, será estudada a retirada dos canteiros existentes no respectivo trecho, bem como a extinção da ciclovia no mesmo local. 

De ambas as comitivas participaram, também, os subsecretários Marcelo Santiago (Ordem Pública) e Patrício Alexandre (Esportes e Lazer), além dos vereadores Binho da Agricultura, Zilmara Xavier e Miel da Biovert.

Membros do Conselho Comunitário de Segurança de Silva Jardim (CCS/SJ) receberam o diploma de posse da diretoria para o exercício 2012/2014, no último dia 27/08, em solenidade presidida pelo secretário estadual de Segurança, José Mariano Beltrame, no quartel-general da Polícia Militar, no Rio de Janeiro. O CCS/SJ foi representado pela advogada Cláudia Marcia Faria de Macedo (1ª Secretária), o delegado titular da 120ª DP, Juaracy Rodrigues (membro nato), e o comandante do 35º Batalhão de Polícia Militar (Itaboraí), coronel Falema (também membro nato). Participaram ainda da solenidade o comandante-geral da PM, José Luiz Castro Menezes, a chefe de Polícia Civil, delegada Martha Rocha, o Presidente do Instituto de Segurança Pública (ISP), Paulo Roberto Augusto Souza Teixeira, e a coordenadora-geral dos CCSs, major PM Cláudia Moraes. O CCS/SJ faz parte da Aisp nº 35, que reúne ainda as cidades de Rio Bonito e Tanguá.

-- A angústia dos senhores com a segurança pública provavelmente é a mesma que chega aos comandantes de quarteis e chefes de polícia, mas as comunidades representadas pelos CCSs também têm vez e visibilidade diante de nós, sendo que o trabalho destes é importantíssimo para fazer um link entre as pessoas e as autoridades – disse o secretário Beltrame, sugerindo ainda que os conselheiros também trabalhem no sentido de desenvolverem a “segurança primária” em suas cidades, propondo às Administrações Municipais que façam algo para mostrarem às pessoas em geral que é bem melhor estarem ao lado da Polícia e das ações corretas da sociedade do que de traficantes e do crime em geral. “Isto em vez de só pedirem mais policiamento à PM e nos balcões de atendimento das delegacias”, completou.

O presidente do ISP destacou o valor dos CCSs, cujos membros “dedicam seu tempo a uma causa pública como a Segurança”, e agradeceu o empenho das polícias militar e civil no atendimento às demandas dos conselhos. “Vale lembrar também que esta é a primeira vez que a entrega dos diplomas acontece aqui no quartel-general da PM”, concluiu. Já a coordenadora dos CCSs falou da sua alegria em participar pela primeira vez da diplomação, e enfatizou que o contato com os representantes dos CCSs era importante para a troca de experiências

“Tenho aprendido muito desde que assumi o cargo que é um grande desafio a ser vencido”, ressaltou. Participou também do recebimento do diploma o jornalista Evaldo Nascimento (Diretor Social e de Assuntos Comunitários do CCS/SJ). O CCS/SJ é presidido pela professora Marla Regina Domingues de Morais, tendo como vice-presidente Marcelo Gomes Santiago (subsecretário municipal de Ordem Pública) e, 2ª Secretária, Ledir Tinoco Caldas (Conselheira Tutelar). As reuniões ordinárias do CCS/SJ são sempre às segundas segundas-feiras de cada mês, umas vezes no auditório do Ministério Público, e outras no plenário da Câmara Municipal, também em horários alternados.

No dia 21 de agosto, o Conselho Comunitário de Segurança Pública (CCSP) de Silva Jardim, realizou, á pedido do prefeito Anderson Alexandre, uma audiência pública na Câmara Municipal, que teve como objetivo ouvir as demandas da sociedade e discutir a criação de uma coordenadoria de prevenção ás drogas por parte do Poder Executivo.

 

O evento contou com a presença dos membros natos do Conselho (autoridades militares), autoridades religiosas, membros de escolas municipais, de associação de moradores, do secretariado municipal  e da presidente do CCSP de Silva Jardim, Marla Domingues. Ela falou sobre o funcionamento do Conselho e o objetivo da audiência pública: “O conselho realiza reuniões mensais e a questão da segurança do município é feita com várias temáticas. Este evento foi um pedido do Prefeito Anderson Alexandre, que solicitou que retomássemos ao tema das drogas que foi discutido em janeiro e em abril deste ano. Por isso, que hoje realizamos uma audiência pública, porque ele pretende criar uma coordenadoria de prevenção ás drogas. E a reunião de hoje do Conselho irá embasar a criação desta coordenadoria”.

A audiência pública contou com diversas palestras com olhares diferenciados que enfatizaram a necessidade de se combater as drogas na sociedade silvajardinense, além de ouvir as propostas das autoridades e da população para tentar erradicar este problema no município.

O representante da Polícia Militar, Capitão Lima destacou a importância das reuniões do Conselho para a cidade de Silva Jardim: “A reunião é importante, devido ao tema que será abordado, que é o combate as drogas. Esta iniciativa é excelente, mas é fundamental que todos participem e tenham conhecimento da problemática social que as drogas causam a população de Silva Jardim direta ou indiretamente”.

Ao final da cerimônia, o secretário de ordem pública, Denis Pessanha, enfatizou que a Segurança Pública é um dos pilares da administração Anderson Alexandre e que a criação desta coordenadoria de combate as drogas visa melhorar a qualidade de vida da população silvajardinense.

 

 

Nos primeiros seis meses de trabalho, a Secretaria de Ordem Pública de Silva Jardim revitalizou a pasta, que se encotrava abandonada, visando oferecer segurança e conforto aos moradores da cidade.

Quando o secretário, Denis Pessanha, assumiu a pasta, foram encontrados diversos problemas como carros abandonados, viaturas em péssimo estado e um veículo  paralisado por falta de fusível que custava cerca de R$0,30. Além disso, o aluguel do prédio onde funciona a sede da pasta estava vencido e o  material de patrimônio como notebooks e  bicicletas  não foram encontrados.

Como as condições herdadas no setor eram críticas, o prefeito Anderson Alexandre pediu para que a pasta trabalhasse e realizasse uma transformação na área  que é de suma importância para a cidade de Silva Jardim. Desta forma,  os carros começaram a  ser recuperados, passando por ampla reforma e com alguns inclusive já  em pleno funcionamento, trafegando pelas ruas de Silva Jardim.

Também foi elaborado um projeto, para a criação de uma sede própria que teria toda a estrutura necessária e teria espaço para oferecer curso  de qualificação para os guardas municipais, para a realização de palestras e para a implantação de projetos sociais.

Outra ação importante é a licitação do processo do Curso de Formação dos Guardas Municipais de Silva Jardim (GMSJ), que ficou parado nos anos anteriores, e que oferecerá treinamento especializado para os guardas, antes de eles serem convocados e irem para as ruas da cidade. A Secretaria Municipal de Ordem Pública assinou ainda um convênio com o DETRAN para integrar Silva Jardim no Sistema Nacional de Trânsito.

A Secretaria ainda projetou a Minuta de Substituição do Novo Código de Postura, que assim como o Estatuto do Regulamento da Guarda Municipal encontra-se em trâmite para a aprovação. Na área da Defesa Civil, foi levantado as necessidades do setor para a formatação e  criação de um Plano de Contingências, denominado  Silva Jardim-Verão para  desastres naturais, com o intuito de prevenir possíveis danos para a povo da cidade de Silva Jardim, caso a cidade sofra com chuvas e inundações.

A  Secretaria de Ordem Pública acredita que conseguiu suprir as necessidades da pasta e pretende dar andamento aos processos  elaborados para tornar Silva  Jardim uma cidade referência na questão da Ordem Pública e da segurança  municipal.

Prefeitura Municipal de Silva Jardim - CNPJ: 28.741.098/0001-57 - Tels:(22) 2668-1125/2668-1430/2668-2000 - Rua Luiz Gomes, 46, Centro - Silva Jardim/RJ - CEP: 28820-000