^ Back to Top


A Prefeitura de Silva Jardim, através da Secretaria Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas (Sempod), está realizando uma capacitação para os Agentes Comunitários de Saúde (ACSs). O objetivo é tornar os agentes um elo entre os dependentes químicos e as formas de tratamento.

A capacitação ministrada na última segunda-feira (9) pelo professor Léo Peclat Marins, teve a participação de cerca de 50 agentes. Durante o treinamento, foram discutidas a definição de dependência química e abordados os diferentes tipos de drogas. O professor falou ainda como reconhecer e auxiliar um dependente químico e explicou como as drogas agem no organismo.

“É importante frisar que nós falamos sobre desmarginalizar a figura do usuário, sempre com um olhar de carinho, porque são pessoas que precisam de tratamento. [...] A ideia é fazer uma intervenção olhando à pessoa. Eles [usuários] não são drogados, são pessoas que usam drogas e que têm necessidades outras, como saúde, emocionais”, afirma Léo.

“A gente vive numa sociedade muito doente, nós somos doentes. Para tudo precisamos de um remedinho pra nos acalmar, saciar nosso vazio, nossas dores, nossas frustrações. Muitas vezes, quem aponta o dedo para aqueles que está usando cocaína, é aquele que está usando o seu Rivotril”, analisou o professor, que também é autor de um livro sobre o tema.

A Sempod acrescenta que qualquer familiar ou usuário que esteja precisando de ajuda, deve procurar a repartição pública, que está funcionando temporariamente no prédio da Secretaria Municipal de Saúde e Assistência Social, na Rua Oito de Maio, no Centro da cidade. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

 

Leia mais:Ação capacita Agentes de Saúde em trabalho contra Dependência Química



A Prefeitura de Silva Jardim inaugurou na última quarta-feira (28) a nova Unidade Básica de Saúde de Fazenda Brasil – UBS Zaerton Marins Neto. A cerimônia contou com a presença de aproximadamente 150 pessoas, dentre elas o Prefeito Anderson Alexandre, a Vice-prefeita Maria Dalva (Cilene), os vereadores Binho da Agricultura e Zil do Caxito, além de familiares do homenageado, da secretária de saúde Tereza Fernandes, diversos secretários municipais, bem como o secretário de saúde de Casimiro de Abreu Ibson Dames.

O antigo imóvel que funcionava a UBS da Fazenda Brasil passará por reformas e se tornará um espaço de educação infantil para atender a creche e pré-escola.


 

Leia mais:Inauguração da UBS Zaerton Marins Neto em Fazenda Brasil


A Nova Unidade Básica de Saúde - UBS de Fazenda Brasil será inaugurada nesta quarta-feira (28.03) a partir das 17 horas na Avenida Alfredo Camargo de Melo – Fazenda Brasil (ao lado do Ginásio Poliesportivo Jorge Mendonça. A obra custou R$ 497 mil e é resultado de um convênio entre a Prefeitura de Silva Jardim, através da Secretaria Municipal de Saúde e Assistência Social (SEMSA), e o Ministério da Saúde.

 

 

Leia mais:Nova UBS de Fazenda Brasil será Inaugurada nesta Quarta (28) às 17h


Em maio de 2017 a Policlínica de Silva Jardim passou a ser chamada de Unidade de Pronto Atendimento - UPA 24H Angela Maria da Costa Brito. Com a alteração o município passará a ter direito a repasses do Governo Federal para manutenção da emergência, que atualmente é mantida em 100% de recursos municipais e passará a ser de 85% pela Prefeitura e o Governo Federal ficará com 15% das despesas. A mudança possibilitou uma melhora na qualidade dos serviços o que reflete na redução da taxa de mortalidade que reduziu 8,5% em 2017 de acordo com o Ministério da Saúde | DATASUS.

No ano de 2016 Silva Jardim totalizou 1.048 internações na emergência com 55 óbitos o que resultou numa taxa de mortalidade de 5,25%, já em 2017 teve 1.147 internações, um aumento de 9,4% em comparação com 2016 e 55 óbitos registrados, deixando a taxa de mortalidade em 4,8%. Em 2015 foram 1.184 internações e 76 óbitos e uma taxa de mortalidade de 6,42%.

Em todo o Estado do Rio de Janeiro houve 565.330 internações no ano passado com 36.403 óbitos e uma taxa de mortalidade de 6,44%. Com o resultado da taxa de mortalidade de 2017, Silva Jardim ficou entre as 20 menores taxas de mortalidade do Estado do Rio de Janeiro, confira abaixo a relação:

1 – São Pedro da Aldeia | 1,81%
2 – São José de Ubá | 3,23%
3 – Quatis | 3,32%
4 – Carapebus | 3,47%
5 – Natividade | 3,83%
6 – São Sebastião do Alto | 3,91%
7 – Aperibé | 4,01%
8 – Laje do Muriaé | 4,11%
9 – Iguaba Grande | 4,26%
10 – Tanguá | 4,26%
11 – Bom Jesus do Itabapoana | 4,31%
12 – Varre-Sai | 4,53%
13 – Armação de Buzios | 4,56%
14 – Sumidouro | 4,59%
15 – Queimados | 4,7%
16 – Paraty | 4,79%
17 – Itatiaia | 4,8%
18 – Silva Jardim | 4,8%
19 – Japeri | 4,92%
20 – Angra dos Reis | 5,09%

 

Leia mais:Transformação da Policlínica em Upa 24h reduz em 8% a Taxa de Mortalidade de Silva Jardim


Cerca de 20 pessoas estão participando da 2ª edição do “Projeto na Medida Certa”, que auxilia na perda de peso de forma saudável, através da prática de atividades físicas supervisionadas, acompanhamento nutricional e psicológico. Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde e Assistência Social, as aulas começaram no início deste mês e acontecem duas vezes por semana, em frente a Unidade Básica de Saúde Marinete Ferreira de Lacerda, no Centro.

 

Leia mais:Secretaria de Saúde Inicia 2ª Edição do Projeto ‘Na Medida Certa’

Prefeitura Municipal de Silva Jardim - CNPJ: 28.741.098/0001-57 - Tels:(22) 2668-1125/2668-1430/2668-2000 - Rua Luiz Gomes, 46, Centro - Silva Jardim/RJ - CEP: 28820-000