^ Back to Top


Cerca de 50 alunos da Escola Estadual Municipalizada Professora Corina Halseld, em Bananeiras, distrito de Silva Jardim, participaram na última quarta-feira (29) do Programa Saúde na Escola (PSE). Na ação, foram apresentadas duas palestras: uma sobre as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, e outra sobre a preservação do meio ambiente.

Segundo a coordenação do PSE, a equipe também falou sobre saúde bucal, fez uma escovação supervisionada nos alunos, além de verificação da pressão arterial, testes de acuidade visual e orientações nutricionais. Durante a ação, os estudantes participaram ainda de atividades físicas.

“Estamos em uma área endêmica, e é essencial conscientizar as crianças sobre os riscos provocados pelo mosquito aedes aegypti [que transmite a dengue, febre amarela urbana, chikungunya e zica vírus], assim como é fundamental ensiná-los sobre a importância de se preservar o meio ambiente”, disse a coordenadora do PSE, Fabiene Domingues.

De acordo com o PSE, o programa atendeu a crianças do pré-escolar ao 5ª ano do ensino fundamental. Nesta quarta-feira (5), a equipe esteve na escola da localidade de Mato Alto, e atendeu a alunos e moradores.

 

 

Leia mais:Ação alerta Alunos sobre Doenças Transmitidas pelo Aedes Aegypti


O Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) promoveu uma ação para celebrar o Dia Mundial da Atividade Física, no posto de saúde Marinete Ferreira de Lacerda, no Centro de Silva Jardim. A data foi instituída pela Organização Mundial da Saúde com a finalidade de prevenir o sedentarismo.

De acordo com o Nasf, entre os principais benefícios da prática de atividades físicas estão à redução da pressão arterial, a diminuição do estresse, e prevenção às doenças. O Nasf afirma ainda que as pessoas que praticam atividades físicas têm melhor autoestima, evitam o excesso de peso e obesidade, e têm mais concentração, bem estar físico e psicológico.

A educadora física do Nasf, Bruna Siqueira Cardoso, relatou que durante as atividades foram feitas aulas de step e zumba. “O recomendado é fazer 30 minutos de exercício físico por dia, e em Silva Jardim podemos praticar atividade orientada por profissionais capacitados”, disse.

As aulas orientadas acontecem em diferentes bairros da cidade, como na Academia da Saúde Cidade Nova (segundas, quartas e quintas-feiras, às 8h); na Esf Varginha (quintas-feiras, às 8h); no Cras Federal – Idosos (segundas e quartas-feiras, às 8h); e no Ginásio Poliesportivo Jorge Mendonça – Zumba (segundas e quartas-feiras, às 17h).

 

A iniciativa foi realizada no último dia 6 de abril, e contou com a participação de cerca de 20 moradores, além dos instrutores de zumba, Ryan Moraes, e da educadora física, Amanda Mello.

Leia mais:Ação celebra Dia Mundial da Atividade Física em Silva Jardim


A Secretária Municipal de Saúde e Assistência Social (Semsa) de Silva Jardim informa: no período que intensificamos a vacinação contra a febre amarela no município, um morador do bairro de Mato Alto, com mais de 60 anos e com autorização de sua médica para ser imunizado, foi vacinado. Nos últimos dias o usuário teve complicações após ser imunizado, o mesmo chegou a ser internado no CTI mas veio a óbito no último dia 30. Foi recolhida amostra de sangue do paciente e enviada para o Laboratório Central Noel Nutels para análise, o resultado preliminar, que saiu no início da tarde desta sexta-feira (31) deu negativo para dengue, zika e chikungunya e positivo para febre amarela. As amostras de sangue do paciente serão enviadas novamente para análise, para identificar se o vírus era vacinal ou silvestre. A Secretaria de Saúde, informa que qualquer informação sobre a presença de febre amarela em Silva Jardim ainda não foi confirmada oficialmente.

 

 

Leia mais:NOTA OFICIAL


Segundo o protocolo do Ministério da Saúde, usuários que são alérgicos a ovo de galinha, deverão ter autorização do seu médico assistente e serão agendados na Policlínica Municipal Agnaldo de Moraes. Favor procurar a coordenação municipal de imunização, com a autorização, na Av. Oito de Maio, 534, térreo, a partir do dia 20/03/2017.

Silva Jardim, 17 de março de 2017.

Secretaria Municipal de Saúde e Assistência Social
Coordenação Municipal de Imunização

 

 

Leia mais:Nota 01 – Febre Amarela


A Secretaria de Saúde e Assistência Social de Silva Jardim promoveu uma audiência pública no último dia 23 de fevereiro, na Câmara Municipal de Vereadores, no Centro da cidade. Na ocasião, a secretária da pasta, Tereza Fernandes, falou sobre alguns dos desafios que o município tem para 2017.

Entre as metas que a secretária revelou, estão: reforma e ampliação dos postos de saúde de Pirineus, Gaviões e Mato Alto; instalação de internet em todas as Unidades Básicas de Saúde; compra de computadores; e instalação de câmeras de monitoramento na unidade médica do Centro.

A audiência foi para apresentar os relatórios da execução orçamentária e gestão fiscal do município, referentes aos meses de setembro a dezembro de 2016. Durante sua apresentação, Tereza também falou sobre alguns dos objetivos já alcançados, como a reforma e ampliação de postos de saúde.

Tereza apresentou ainda dados do atendimento na emergência do município. Segundo a secretária, mais de 41 mil pacientes foram atendidos na Unidade de Atendimento Pré-hospitalar Ângela Maria da Costa Brito, no ano passado.

“Costumamos dizer que o Brasil passa por Silva Jardim. Além dos moradores da cidade, atendemos a pacientes de Rio Bonito, Araruama, Casimiro de Abreu, turistas de Minas, Piauí, Pernambuco, entre outros estados. Recebemos uma média de 120 a 140 pacientes, por dia”, afirmou Tereza Fernandes.

 

A audiência reuniu moradores, servidores da Saúde, além dos vereadores Adão Firmino de Souza (PMDB), Binho da Agricultura (PTN), Fifico Valviesse (SD), Jaime Lima (PR), e Miel da Biovert (SD).

Leia mais:Em Audiência Pública, Secretária de Saúde fala sobre Desafios para 2017

Prefeitura Municipal de Silva Jardim - CNPJ: 28.741.098/0001-57 - Tels:(22) 2668-1125/2668-1430/2668-2000 - Rua Luiz Gomes, 46, Centro - Silva Jardim/RJ - CEP: 28820-000