^ Back to Top


Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Silva Jardim estão recebendo durante o mês de agosto, palestras de orientação sobre a importância do leite materno para recém-nascidos até os seis meses de idade. A iniciativa faz parte do Programa Municipal de Aleitamento Materno, através da Secretaria Municipal de Saúde e Assistência Social.

A Semana Mundial do Aleitamento Materno é celebrada entre os dias 1º e 8 de agosto, mas as comemorações no município estão sendo prorrogadas para atender ao maior número de pessoas, sobretudo, as gestantes e lactantes que tenham interesse em esclarecer dúvidas sobre o assunto.

 

O enfermeiro e coordenador do programa, Emanoel Carmo, ressalta que o leite materno é a melhor maneira de garantir nutrientes necessários aos bebês. “Sem contar que previne uma série de doenças na vida adulta e fortalece o contato mãe e filho”, disse.

Leia mais:Palestras Abordam Importância do Leite Materno para Recém-Nascidos


O “Projeto Academia da Saúde”, da Secretaria de Saúde e Assistência Social de Silva Jardim, leva atividades físicas três vezes por semana para o bairro Cidade Nova. A iniciativa tem acompanhamento profissional e ajuda a prevenir inúmeras doenças.

Ao todo, cerca de 40 alunos de variadas faixas etárias estão matriculados no projeto, que foi implementado no município há mais de quatro anos. As aulas têm duração de aproximadamente 90 minutos e acontecem às segundas, quartas, e sextas-feiras de manhã, na academia ao ar livre da localidade.

A educadora física e professora do projeto, Amanda de Mello Lopes, ressalta que a prática de exercícios físicos proporciona uma série de benefícios à saúde. “Melhora toda a parte respiratória. Nós temos relatos de alunos que se queixavam de frequentes desequilíbrios na pressão arterial, e que conseguiram superar esses problemas com a prática de atividades”, afirmou.

 

Para participar do projeto, a coordenação orienta que os interessados compareçam em um dos dias de aula, portanto identidade, CPF, comprovante de residência, cartão SUS, atestado médico de aptidão à prática de atividades físicas. “As aulas são abertas para toda a população, e quem mora em outros bairros também pode participar”, finalizou a educadora física.

Leia mais:Projeto leva Atividades Físicas três vezes por semana para Cidade Nova


A Secretaria Municipal de Saúde e Assistência Social, através do Programa Municipal DST/Aids, realizou uma ação de alerta para a importância do diagnóstico precoce das hepatites. A mobilização teve adesão de todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Silva Jardim, e aconteceu em 28 de julho, Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais.

O trabalho teve a finalidade de conscientizar as pessoas sobre a gravidade das hepatites virais e à necessidade de se fazer o teste rápido para a detecção dos tipos mais perigosos da doença, que são a B e C.

 

A coordenadora do programa municipal, Beatriz Lopes, orienta que a população deve procurar o posto de saúde mais próximo para fazer os testes rápidos que são seguros e sigilosos.

Leia mais:Ação identifica casos de Hepatites e Orienta sobre Prevenção da Doença

O município de Silva Jardim, recebeu o prêmio de melhor experiência na temática: Rede de Atenção a saúde no 33º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde realizado do dia 12 a 15 de julho em Brasília/DF. Na ocasião a Secretária Municipal de Saúde e Assistência Social (SEMSA) do município, Tereza Fernandes, recebeu o prêmio das mãos do presidente do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (CONASEMS) Mauro Junqueira.

A premiação dada ao município, foi pela experiência com a rede de atenção à saúde de Silva Jardim na temática – Rede de Atenção, onde dos mais de 5.500 municípios brasileiros apenas 4 receberam a premiação: Silva Jardim/RJ, Porto Seguro/BA, Humaitá/AM e Catanduva/SP. A experiência premiada teve autoria da secretária da SEMSA Tereza Fernandes e coautoria de Leonel Carvalho da Silva e Simone Guimarães Penco.

 

O Congresso reuniu mais de 3.000 gestores municipais de todo o país que discutiram a unificação dos blocos de financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS). “A unificação dos blocos vai dar mais autonomia ao gestor municipal para aplicar os recursos de uma forma adequada à realidade sanitária local”, disse o assessor do Ministério da Saúde Marcos Franco.

Leia mais:Rede de Atenção á Saúde de Silva Jardim Recebe Prêmio Nacional


A Secretaria de Saúde e Assistência Social de Silva Jardim promoveu no último sábado (22), a 10ª Conferência Municipal de Saúde, e a 1ª Conferência de Vigilância em Saúde, na Igreja Batista Memorial, no bairro Reginópolis. Durante o evento, foram discutidas melhorias para o desenvolvimento da saúde do município, e ministradas quatro palestras com o tema “Humanização, Integralidade e Equidade: Avanços e Desafios do SUS”.

Dentro do tema, os palestrantes abordaram o atendimento às pessoas com autismo, acolhimento às gestantes, vigilância em saúde, e controle social. O público presente fez perguntas e tirou dúvidas. As conferências elegeram ainda os delegados para representar o município na Conferência Estadual.

A secretária municipal de Saúde e Assistência Social, Tereza Fernandes, falou sobre a importância de uma conferência e lembrou que cerca de 90% das propostas apresentadas na última, foram alcançadas. “A adequação de todas as Unidades Básicas de Saúde do município é resultado das propostas apresentadas aqui. Além disso, construímos ainda mais duas unidades”, disse.

 

O evento teve a participação do prefeito da cidade, Anderson Alexandre, e da vice-prefeita, Maria Dalva Silva do Nascimento (Cilene). O secretário municipal de Trabalho, Habitação, e Promoção Social, Sebastião Rocha, integrantes do conselho, e vereadores do município, também marcaram presença.

Leia mais:Silva Jardim Promove Conferências para Avanços da Saúde

Prefeitura Municipal de Silva Jardim - CNPJ: 28.741.098/0001-57 - Tels:(22) 2668-1125/2668-1430/2668-2000 - Rua Luiz Gomes, 46, Centro - Silva Jardim/RJ - CEP: 28820-000