^ Back to Top

sempod

Parte dos professores da rede pública municipal de ensino de Silva Jardim irão passar por uma capacitação para a implementação do projeto “Tosco em Ação”, uma iniciativa que está sendo desenvolvida pela Secretaria de Estado de Prevenção à Dependência Química, em parceria com 21 municípios do Rio.

O lançamento do projeto, que vai beneficiar estudantes do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, aconteceu há cerca de duas semanas no Palácio Guanabara, sede do governo do estado.

Dentre as unidades que receberão o projeto, estão as escolas municipais Omar Faria Alfradique, em Cidade Nova, o Centro Educacional Professora Sônia Braga Pereira Brandt, que atende a alunos de Varginha, o CEPM Professora Vera Lúcia Pereira Coelho, no Caju, e a Escola Estadual Municipalizada Imbaú.

Além da temática de prevenção à dependência química, o “Tosco em Ação” também aborda a prevenção a violência no ambiente escolar, outro problema que, para a coordenadora da secretaria municipal de Políticas Públicas sobre Drogas (Sempod), Viviane Class, “precisa ser tratado com atenção”.

Por isso é importante que os educadores passem por essa capacitação. Para que eles saibam lidar com cada problema diferente e aprendam como agir em cada situação”, acrescentou Viviane.

Em Silva Jardim, o projeto será desenvolvido pela Sempod, junto com a Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia (Semec - CT).

 

(Foto: Divulgação / Sempod; Reportagem: Lucas Madureira)

Leia mais:Projeto de prevenção à dependência química será implantado nas escolas

 

No dia 07 a Secretaria Municipal de Políticas Públicas Sobre Drogas (SEMPOD) realizou uma reunião com os representantes da rede de serviços prestados no Município, com o objetivo de apresentar e elaborar um fluxo de atendimento, onde fique claro o papel de cada membro da rede nesse assunto que é tão delicado e importante.

- É de fundamental importância que toda a sociedade e o governo andem juntos e que cada um tenha o seu papel bem definido, para que possamos juntos diminuir o impacto devastador que as drogas causam na sociedade como um todo e aí sim, com a participação de todos, podermos efetivamente contribuir, atender e principalmente conscientizar, disse Viviane Class, Secretária da SEMPOD.

Na ocasião estiveram presentes representantes da SEMPOD, da Rede de Atenção Psicossocial – RAPS, da Secretaria Municipal de Educação, do Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF, da Secretaria Municipal de Segurança Pública, do Centro de Referência especializada em Serviço Social – CREAS e do Núcleo de Atendimento ao Familiar Agressor – NAFA.

Esta reunião possibilitou a troca de experiências entre os profissionais presentes, o que favoreceu o estabelecimento de parcerias e o esclarecimento do papel de cada membro da rede, para que o atendimento aos usuários seja cada vez mais completo e eficaz.

 

A Secretaria Municipal de Políticas Sobre Drogas de Silva Jardim - SEMPOD, iniciou seus trabalhos focando no conhecimento de atividades e parâmetros realizados em outras secretarias de municípios vizinhos. O primeiro contato aconteceu no último dia 07 em Macaé, onde a Secretária de Políticas Sobre Drogas, Viviane Class, e o Coordenador da Secretaria, Luiz Cláudio, estiveram visitando a Coordenadoria Extraordinária de Políticas Sobre Drogas – CEPOD, de Macaé.

O objetivo da visita foi conhecer os trabalhos realizados pela Secretaria de Macaé e fazer intercâmbio de idéias e metodologias que poderão ser implantadas em Silva Jardim. A equipe silva-jardinense foi recepcionada pela equipe da CEPOD que explicou os trabalhos realizados em Macaé.

 

Na oportunidade ficou acertada a visita, em agosto, de uma equipe da CEPOD em Silva Jardim para realização de uma capacitação para a equipe da SEMPOD. De acordo com a Secretária, Viviane Class, essas parcerias com outros municípios é muito importante para o desenvolvimento das atividades de políticas sobre drogas.


Mais de 500 alunos de escolas da rede pública municipal e estadual de Silva Jardim, já participaram das ações de conscientização sobre os riscos da dependência química. O trabalho teve início há pouco mais de um mês e é realizado pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas (Sempod).

Entre as escolas do município já visitadas, estão o CEPM Professora Vera Lúcia Pereira Coelho, a Escola Municipal Omar Faria Alfradique, no bairro Cidade Nova, e os colégios estaduais Sérvulo Mello e São Sebastião, onde a equipe da Sempod esteve na última quarta-feira (2).

Na ocasião, mais de 100 alunos de duas turmas do ensino médio assistiram a palestra ministrada pelo professor Léo Peclat Marins, que apresentou aos alunos orientações de prevenção à dependência química.

Além das ações nas escolas, a Sempod também promove capacitações aos agentes comunitários de saúde e líderes religiosos. O objetivo é ensinar técnicas de abordagens e formas de tratamento relacionadas aos dependentes químicos.

 

Leia mais:Série de Palestras sobre Drogas conscientiza mais de 500 Alunos

Prefeitura Municipal de Silva Jardim - CNPJ: 28.741.098/0001-57 - Tels:(22) 2668-1125/2668-1430/2668-2000 - Rua Luiz Gomes, 46, Centro - Silva Jardim/RJ - CEP: 28820-000