^ Back to Top

A Prefeitura de Silva Jardim, através da Secretaria de Trabalho, Habitação e Promoção Social e da Secretaria de Meio Ambiente, juntamente com o INEA – Instituto Estadual do Ambiente, realizaram na tarde do dia 01 uma reunião com alguns catadores de lixo visando a implantação da coleta seletiva. A reunião teve o objetivo de sensibilizar os catadores para iniciação do processo.

Participaram da reunião a Secretária de Promoção Social, Maria Dalva (Cilene); os assessores técnicos do INEA Ricardo Gonçalves e Anderson Conceição; além de Luma Lopes, representante da Secretaria de Meio Ambiente, e alguns catadores.

 

 

 

O Rio Capivary que há mais de 16 anos não tinha recebido limpeza do acúmulo de entulho (desassoreamento), começou no dia 30 de setembro, em parceria do Governo Municipal com o Governo Estadual. A limpeza contemplará um trajeto de mais de 4 km do Rio, até a ligação com a Lagoa de Juturnaíba. O projeto terá duração de aproximadamente 07 meses e após os trabalhos o Rio terá em média 1,5m de profundidade.

De acordo com o Prefeito Anderson Alexandre, que esteve no local no dia 02, o desassoreamento do Rio Capivary é muito importante para implantação do projeto turístico do município, além de diminuir em até 90% os riscos de alagamentos em Nova Silva Jardim.

As secretarias de Meio Ambiente e Defesa Civil estão diretamente ligadas aos trabalhos de desassoreamento do Rio, que ainda conta com a colaboração dos fazendeiros locais, como é o caso do senhor Afonso, que deu livre acesso para a equipe que está trabalhando no projeto.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente – SEMMA, juntamente com representantes do Instituto Estadual do Ambiente – INEA, estiveram as márgens do Rio Capivari afim de verificar junto ao órgão estadual a viabilização de uma máquina para início do processo de desassoreamento do Rio Capivari, Córrego do Ouro (Valão da Caixa) e posteriormente outros afluente e efluentes da Represa de Juturnaíba.

Os representantes do INEA do Programa Limpa Rio, Ricardo Ferreira e Carlos Ramos, atenderam a um pedido do Secretário Interino de Meio Ambiente, Helan Abreu, e estiveram em Silva Jardim para fazer a vistoria dos locais. O processo contará ainda com as participações da Secretaria de Obras e da Secretaria de Defesa Civil.

 

Participaram da Vistoria além do Secretário de Meio Ambiente e dos representantes do INEA, o Secretário de Defesa Civil, Sidnei de Melo; o técnico da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, Carlos Henrique; e o Diretor de Parques e Jardins da SEMMA, Jaime Ferreira Rodrigues.

 

O Governo Municipal e Secretaria Estadual de Agricultura estão avaliando as possibilidades de utilização da área da fazenda da Pesagro, em Mato Alto, para fins turísticos e ecológicos, além de outros usos sociais. A decisão foi tomada em encontro ocorrido no último dia 04/08 entre o Vice-Prefeito Tião Rocha, o secretário interino de Meio Ambiente, Helan de Abreu Cardozo; o Presidente da Pesagro, Rafael Muzzi de Miranda;e o Secretário Estadual de Agricultura, Alberto Mofati.

Segundo o Diretor de Indústria e Comércio da Secretaria municipal de Turismo, Jocenildo Andrade, que participou do encontro representando o Secretário Felipe Rocha, a parceria vai definir uma possível finalidade da Fazenda da Pesagro, que dispõe de 42 alqueires, sendo 90% de vegetação nativa de mata atlântica e refúgio do mico-leão-dourado.

O local poderá servir para visitação turística no setor de pesquisa agropecuária experimental que a Pesagro desenvolve, assim como passeios na mata e visualização do mico-leão. A intenção de aproveitar a fazenda para visitas turísticas faz parte do objetivo do Município em buscar alternativas de receitas futuras, sendo o Turismo a principal delas. Chama a atenção também para a existência de um hotel fazenda recém-instalado próximo ao local, o que serviria para abrigar as pessoas que fossem até a área.

 

Mas a fazenda também poderia ser transformada num parque ou Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN). Nesse caso, melhoraria a classificação do Município no ranking do ICMS Verde, no qual ele já está em primeiro lugar há cinco anos consecutivos. Também participou do encontro o técnico da Secretaria municipal de Meio Ambiente, Hugo Leonardo Martins.

 

O Vice-Prefeito de Silva Jardim, Tião Rocha, e a equipe da Secretaria de Meio Ambiente, estiveram ontem (15/07) no I Fórum de Licenciamento Ambiental, que aconteceu no Teatro Municipal Átila Costa em São Pedro da Aldeia/RJ.

A proposta do Fórum foi a discussão e análise dos enfrentamentos de outros municípios em relação ao licenciamento ambiental e o evento teve a presença de representantes do INEA – Instituto Estadual do Ambiente, do CREA – Conselho Regional de Engenharia e Agronomia, e representantes dos municípios de São Pedro da Aldeia, Silva Jardim, Búzios, Araruama entre outros.

Em sua fala o Vice-Prefeito, Tião Rocha, defendeu a municipalização das licenças ambientais que agilizam o processo e resolvem os problemas locais de forma mais eficaz. Disse ainda que o caminho do progresso dos municípios passa pelo licenciamento ambiental e que Silva Jardim está em processo de regularização ambiental, e encerrou dizendo que se cada um fizer sua parte o processo de licenciamento ambiental será bem mais rápido.

Na principal palestra do Fórum, o Chefe de Licenciamento Ambiental da Superintendência Regional Lagos São João do Inea, Bernardo Souza Dunley, comentou as principais mudanças que o Decreto Estadual no 44.820/2014 (SLAM) trouxe para o licenciamento ambiental no Estado do Rio. Citou a importância dos municípios possuírem um quadro técnico completo para atender a demanda de licenciamento ambiental das cidades e finalizou dizendo que a busca de informações externas é muito importante para uma avaliação mais completa sobre o que está sendo analisado para licenciar.

O Fórum contou com a participação de várias autoridades locais e regionais, além de empresários, biólogos, representantes de classes, entre outros.

 

 

Prefeitura Municipal de Silva Jardim - CNPJ: 28.741.098/0001-57 - Tels:(22) 2668-1125/2668-1430/2668-2000 - Rua Luiz Gomes, 46, Centro - Silva Jardim/RJ - CEP: 28820-000