^ Back to Top

 

Um trabalho de desassoreamento em um importante rio que corta Silva Jardim está sendo feito pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) em parceria com as secretarias municipais de Obras e de Defesa Civil, através do programa Limpa Rio, desenvolvido pelo Governo do Estado através do Instituto Estadual do Ambiente (Inea).

Duas máquinas trabalham na limpeza do rio Capivari e de seu afluente, o “Valão da Caixa”. De acordo com a Semma, dos 4 mil metros que devem ser dragados, cerca de 1,2 mil metros já receberam a limpeza e a previsão é de que todo o trabalho seja concluído até o fim deste primeiro semestre.

Ainda segundo a Semma, o trabalho de desassoreamento do rio Capivari deve evitar que bairros que ficam localizados à sua margem sofram com inundações durante o verão, estação em que há mais incidência de chuvas fortes. “Esse trabalho é importante para que aumente o curso d’água e evite alagamentos nesses bairros e nas propriedades que são cortadas pelo rio”, afirmou o diretor de parques e jardins da Semma, Jaime Ferreira Rodrigues.

 

A Semma adiantou que após o término das obras de desassoreamento, será feito o reflorestamento das matas ciliares com mudas nativas da mata atlântica, através de um projeto de preservação ambiental desenvolvido junto à Associação Mico-Leão-Dourado.

A Secretaria de Meio Ambiente de Silva Jardim se reuniu, na tarde do último dia 10 na sua sede, com representantes do INEA - Instituto Estadual do Ambiente. A reunião teve como tema a implantação do sistema de licenciamento em Silva Jardim. De acordo com a Gerente de Apoio à Gestão Ambiental Municipal - GEAGAM, Ilma Conde Perez, o município terá de 03 a 04 responsáveis pelo gerenciamento do sistema, mas frisou a importância de todos os técnicos ambientais terem acesso ao mecanismo. Uma equipe da Secretaria participou nos dias 12 e 13 de um curso de capacitação no INEA. O licenciamento em Silva Jardim tem previsão de se iniciar esta semana.

Participaram da reunião o Vice-Prefeito, Tião Rocha; o Secretário Interino de Meio Ambiente, Helen Abreu; a Chefe de Serviço da GEAGAM, Maria Alice B. Bourguignon; a Adjunta da GEAGAM, Maria Teresa da Cruz; além de integrantes da Secretaria de Meio Ambiente. 

A Prefeitura de Silva Jardim, através da Secretaria de Trabalho, Habitação e Promoção Social e da Secretaria de Meio Ambiente, juntamente com o INEA – Instituto Estadual do Ambiente, realizaram na tarde do dia 01 uma reunião com alguns catadores de lixo visando a implantação da coleta seletiva. A reunião teve o objetivo de sensibilizar os catadores para iniciação do processo.

Participaram da reunião a Secretária de Promoção Social, Maria Dalva (Cilene); os assessores técnicos do INEA Ricardo Gonçalves e Anderson Conceição; além de Luma Lopes, representante da Secretaria de Meio Ambiente, e alguns catadores.

 

 

 

O Rio Capivary que há mais de 16 anos não tinha recebido limpeza do acúmulo de entulho (desassoreamento), começou no dia 30 de setembro, em parceria do Governo Municipal com o Governo Estadual. A limpeza contemplará um trajeto de mais de 4 km do Rio, até a ligação com a Lagoa de Juturnaíba. O projeto terá duração de aproximadamente 07 meses e após os trabalhos o Rio terá em média 1,5m de profundidade.

De acordo com o Prefeito Anderson Alexandre, que esteve no local no dia 02, o desassoreamento do Rio Capivary é muito importante para implantação do projeto turístico do município, além de diminuir em até 90% os riscos de alagamentos em Nova Silva Jardim.

As secretarias de Meio Ambiente e Defesa Civil estão diretamente ligadas aos trabalhos de desassoreamento do Rio, que ainda conta com a colaboração dos fazendeiros locais, como é o caso do senhor Afonso, que deu livre acesso para a equipe que está trabalhando no projeto.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente – SEMMA, juntamente com representantes do Instituto Estadual do Ambiente – INEA, estiveram as márgens do Rio Capivari afim de verificar junto ao órgão estadual a viabilização de uma máquina para início do processo de desassoreamento do Rio Capivari, Córrego do Ouro (Valão da Caixa) e posteriormente outros afluente e efluentes da Represa de Juturnaíba.

Os representantes do INEA do Programa Limpa Rio, Ricardo Ferreira e Carlos Ramos, atenderam a um pedido do Secretário Interino de Meio Ambiente, Helan Abreu, e estiveram em Silva Jardim para fazer a vistoria dos locais. O processo contará ainda com as participações da Secretaria de Obras e da Secretaria de Defesa Civil.

 

Participaram da Vistoria além do Secretário de Meio Ambiente e dos representantes do INEA, o Secretário de Defesa Civil, Sidnei de Melo; o técnico da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, Carlos Henrique; e o Diretor de Parques e Jardins da SEMMA, Jaime Ferreira Rodrigues.

Prefeitura Municipal de Silva Jardim - CNPJ: 28.741.098/0001-57 - Tels:(22) 2668-1125/2668-1430/2668-2000 - Rua Luiz Gomes, 46, Centro - Silva Jardim/RJ - CEP: 28820-000