^ Back to Top

Defesa Civil

A DEFESA CIVIL DE SILVA JARDIM informa que o volume de chuva no município reduziu em mais de 96% nas últimas 4 horas e atualiza as informações do estágio nos bairros mais afetados:

ALDEIA VELHA: o nível de água acumulada na estrada de acesso já foi reduzido o que possibilita o trânsito, situação se normalizando e já permitindo tráfego de veículos na localidade.

IMBAÚ: diminuição do nível da água e situação normalizando.

NOVA SILVA JARDIM: nível do rio Capivary já foi reduzido em 50 cm e segue baixando.

BANANEIRAS: equipe com máquina já está no bairro realizando serviços para desobstrução de pontos na estrada.

COMPORTAS: a concessionária responsável pela manutenção informou que 5 (cinco) comportas já estão abertas.

Índice pluviométrico das últimas horas:

1h – 0,8 mm

4h – 10,8 mm

24h – 65,4mm

48h – 75,6 mm

72h – 89,2mm

(08/11/2018 - 20h27)

 

Leia mais:Defesa Civil de Silva Jardim atualiza situação das chuvas no município

 

Representantes da Secretaria Municipal de Defesa Civil participaram no dia 26 de outubro, no município de Casimiro de Abreu/RJ, de uma reunião para discussão do “Plano de Segurança Hídrica do Rio São João e Lagoa de Juturnaíba”. Um dos pontos principais discutidos na reunião foi a elaboração de um estudo que minimize os impactos de inundações na região.

O encontro contou a presença do Coordenador Regional das REDEC – Baixada Litorânea, TC BM Eric Lacerda Schueler, representantes do Instituto Estadual do Ambiente (INEA), representantes da Universidade Fluminense (UFF), além de representantes da Defesa Civil de Casimiro de Abreu e o Secretário Municipal de Defesa Civil de Silva Jardim, Ronilson Santos.

(Silva Jardim, 31 de outubro de 2018)

 

Leia mais:Plano contra “inundação” é discutido pela Defesa Civil de Silva Jardim


Autoridades de Defesa Civil do estado do Rio de Janeiro se reuniram na última quarta-feira (8), em Silva Jardim, para participar do 1º Congresso Municipal de Proteção e Defesa Civil. O evento teve o objetivo de discutir medidas para minimizar e prevenir os desastres naturais causados pelas fortes chuvas de verão na cidade. O congresso reuniu cerca de 150 pessoas e aconteceu no Teatro Zezé Macedo, no Centro do município.

Durante o evento, também foram feitas as entregas dos certificados dos alunos que concluíram o “Projeto Defesa Civil Mirim”. No local, os agentes voluntários do Núcleo de Defesa Civil (Nudec), receberam ainda suas carteiras de identificação, após uma solenidade de abertura marcada pelos integrantes da Associação Musical e Dramática Honório Coelho.

Em seu discurso, o secretário municipal de Defesa Civil (SEMDEC) e subtenente Bombeiro Militar Ronilson Santos Silva, afirmou que a equipe está trabalhando para minimizar os impactos das chuvas de verão em Silva Jardim, e evitar inundações como as que ocorreram na cidade em fevereiro deste ano, e em 2016, quando centenas de pessoas ficaram desalojadas.

“A Defesa Civil do município não pode ser vista apenas no momento de desastre. Nós temos que ser vistos em momentos constantes, através de capacitações, preparações, para que o nosso município seja uma cidade resiliente”, destacou o secretário da SEMDEC.

A prefeita da cidade, Cilene, também participou da abertura do congresso e destacou que o município está executando um estudo do solo do bairro Nova Silva Jardim, e no rio Capivari, no trecho onde são registrados os transbordamentos durante a época de chuvas mais intensas.

“A Secretaria [Municipal] de Meio Ambiente (Semma), junto com a Defesa Civil, e toda uma equipe técnica, estão preparando um estudo sobre essas áreas. [...] E eles vão nos apontar quais medidas o governo vai ter que tomar nessas áreas, especificamente, para evitar as enchentes que vêm acontecendo corriqueiramente em toda época de chuva”, declarou a prefeita Cilene.

Também marcaram presença no evento, secretários municipais; o diretor-geral do Departamento Geral de Defesa Civil (DGDEC), coronel Bombeiro Militar Marcello Silva da Costa; o coordenador da Rede de Defesa Civil (REDEC) Litorânea, tenente coronel Bombeiro Militar Eric Lacerda de Schueler; além do gerente de operações da Prolagos, Douglas Jordão Barbosa; e ainda a procuradora de Justiça do Ministério Público (MP-RJ), Denise Tarin.

 

Leia mais:Congresso discute Prevenção de Desastres Naturais em Silva Jardim


Cerca de 35 alunos de Silva Jardim receberam o certificado de conclusão do “Projeto Defesa Civil Mirim”, na última quinta-feira (26). A iniciativa, considerada uma colônia de férias didática, foi coordenada pela Secretaria Municipal de Defesa Civil (Semdec). Durante o projeto, os participantes tiveram uma visão crítica para ações preventivas de defesa civil.

O projeto reuniu adolescentes e jovens com faixa etária entre 12 e 17 anos. Durante as atividades, os alunos tiveram noções básicas de proteção e defesa civil; noções de combate a incêndio; reconhecimento e manuseio de equipamentos de combate a incêndio (extintores); noções de primeiros socorros; noções de prevenção ao meio ambiente; caminhada ecológica;

Ao longo das atividades, os alunos também fizeram rapel na Cachoeira das Andorinhas, no distrito de Aldeia Velha, receberam orientações sobre as condições do mar e dicas para evitar afogamentos e acidentes marítimos, com a participação do Grupamento de Bombeiros Militar em Araruama (CBMERJ – 27º GBM Araruama).

O secretário municipal da Semdec, Ronilson Santos Silva, afirma que o projeto atendeu às expectativas. “Nossa ideia era aproveitar o período de férias escolares dos alunos e ensinar algumas técnicas importantes que poderiam ser úteis pra eles no dia a dia. Foi muito legal! Tivemos uma experiência muito positiva”, afirmou.

 

Leia mais:Alunos de Silva Jardim concluem ‘Projeto Defesa Civil Mirim’


Começaram nessa terça-feira (3) e seguem até a próxima sexta, dia 6 de julho, as inscrições para o projeto “Defesa Civil Mirim”, em Silva Jardim. A iniciativa, considerada uma colônia de férias didática, é gratuita e vai acontecer entre os dias 17 a 26 de julho e tem o objetivo de despertar nos participantes uma visão crítica para ações preventivas de defesa civil.

Durante as atividades, os alunos terão noções básicas de proteção e defesa civil; noções de combate a incêndio; reconhecimento e manuseio de equipamentos de combate a incêndio (extintores); noções de primeiros socorros; noções de prevenção ao meio ambiente; caminhada ecológica; e visita a Cachoeira das Andorinhas, no distrito de Aldeia Velha.

Ao longo das atividades, os alunos também receberão orientações sobre as condições do mar e dicas para evitar afogamentos e acidentes marítimos, com a participação do Grupamento de Bombeiros Militar em Araruama (CBMERJ – 27º GBM Araruama).

As inscrições para o projeto podem ser feitas na sede da Secretaria Municipal de Defesa Civil (Semdec), localizada na Rua Augusto Antônio de Amorim, nº 268, no bairro Caju, entre 9 e 16 horas. Para garantir a vaga, o aluno precisa ter faixa etária entre 12 e 17 anos, levar cópia do RG ou certidão de nascimento (adolescente e responsável), cópia do comprovante de residência e atestado de saúde do adolescente.

 

Leia mais:Estão Abertas as Inscrições para o Projeto ‘Defesa Civil Mirim’

Prefeitura Municipal de Silva Jardim - CNPJ: 28.741.098/0001-57 - Tels:(22) 2668-1125/2668-1430/2668-2000 - Rua Luiz Gomes, 46, Centro - Silva Jardim/RJ - CEP: 28820-000