^ Back to Top

Defesa Civil

Representantes da Secretaria Municipal de Defesa Civil (Semdec) de Silva Jardim participaram do 2º Seminário do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil, que aconteceu no dia 17 de novembro, no Centro do Rio. O seminário teve, entre seus objetivos, promover debates sobre o aperfeiçoamento dos órgãos e entidades integradas ao Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil.

Integrantes da Defesa Civil de outros estados e municípios do Rio de Janeiro também participaram do seminário, que foi promovido pelo Tribunal de Contas da União (TCU), e aconteceu entre 9h e 18h. Durante o encontro, foram ministradas diversas palestras e debates sobre os temas abordados.

O coordenador da Defesa Civil de Silva Jardim, Ronilson Silva, participou do seminário e considerou positiva a experiência que teve. “Participar de seminários como esse é fundamental para que possamos trocar conhecimento com integrantes da Defesa Civil de outras cidades e estados”, afirmou.

 

O seminário contou com a presença de representantes dos ministérios públicos Estadual, Federal e de Integração Nacional, além da Secretaria Estadual de Habitação. Também participaram do encontro, representantes do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e dos centros nacional e estadual de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), entre outros.

Leia mais:Silva Jardim participa de seminário do sistema nacional de defesa civil

Defesa Civil de Silva Jardim Promove Palestra sobre Primeiros Socorros

A Secretaria Municipal de Defesa Civil (Semdec) promoveu uma palestra sobre primeiros socorros para brigadistas do ICMBio, funcionários e parceiros da Associação Mico-Leão-Dourado (AMLD), na sede da instituição, localizada na Reserva Biológica Poço das Antas, em Silva Jardim.

O objetivo da ação foi orientar a equipe para possíveis eventualidades durante os trabalhos na mata. Durante a palestra, ministrada pelo ex-secretário da Semdec, Sidnei de Melo, foram dadas orientações de como fazer curativos, como agir em casos de queimaduras, mal súbito, hemorragia.

Além disso, o palestrante também falou sobre imobilizações e quais medidas tomar em casos de picadas de animais peçonhentos. Sidnei alertou ainda sobre a importância do kit de primeiros socorros.

De acordo com a Semdec, a AMLD solicitou a palestra tendo em vista o crescimento do ecoturismo no município. Cerca de 20 pessoas participaram da capacitação, que foi feita no dia 1º de junho.

 

(Fotos: Divulgação / Semdec)

Leia mais:Defesa Civil de Silva Jardim Promove Palestra sobre Primeiros Socorros

Operação Simula Vazamento de Combustível na Represa de Juturnaíba

Uma operação realizada nessa terça-feira (31), em Silva Jardim, simulou o vazamento de combustível na Represa de Juturnaíba, responsável pelo abastecimento de água de pelo menos oito cidades da região dos lagos.

A ação foi promovida pela Secretaria Municipal de Defesa Civil (Semdec) em parceria com o Centro de Defesa Ambiental (CDA). O objetivo era treinar os órgãos para as formas de atuação em casos de derramamento de combustível em rios que desaguam na represa.

O coordenador da Semdec, Ronilson Silva, destacou a importância da ação. “Nosso trabalho não é evitar que acidentes aconteçam, e sim, reduzir os desastres causados por ele”, explicou, levando em consideração a possibilidade de acidentes na BR-101.

“Todos os dias, milhares de caminhões trafegam por essa rodovia transportando combustíveis ou algum tipo de produto perigoso”, afirmou Ronilson. Ainda segundo ele, o simulado vai agilizar as formas de atuação.

Durante a operação, foram feitas áreas de contenção com boias flutuantes, para evitar que um possível acidente comprometa o abastecimento de água da região. Cerca de 20 pessoas e duas embarcações participaram do simulado, de acordo com a Defesa Civil.

Leia mais:Operação Simula Vazamento de Combustível na Represa de Juturnaíba

 

Cerca de 30 alunos de Silva Jardim concluíram, na semana retrasada, as atividades do Projeto Botinho 2016, do Corpo de Bombeiros. As aulas aconteceram entre os dias 19 e 28 de janeiro na Praia Seca, no município de Araruama.

O projeto é considerado uma grande colônia de férias, tendo em vista que é realizado no verão, durante as férias escolares. A iniciativa proporciona às crianças ensinamentos básicos e necessários ao salvamento no mar, além de noções de preservação do meio ambiente, primeiros socorros, condições do mar e muita atividade física na areia.

O projeto foi dividido por categorias, de acordo com a faixa etária de cada participante. A cerimônia de encerramento contou ainda com a participação dos pais dos alunos.

 

(Foto: Divulgação / Projeto Botinho)

Leia mais:Alunos de Silva Jardim concluem projeto botinho

 

O volume de chuva (índice pluviométrico) de Silva Jardim em janeiro de 2016 foi de quatro vezes maior do que o volume verificado em janeiro do ano passado. De acordo com dados da Secretaria Municipal de Defesa Civil (Semdec) em janeiro de 2015 houveram apenas quatro dias de chuva com média de 14,2 mm por dia. Já em janeiro de 2016 houveram 15 dias de chuva com média diária de 20,5 mm.

Em janeiro de 2015 choveu um total de 56,9 mm no município, já em janeiro de 2016 o volume de chuva foi de 308 mm. O índice pluviométrico refere-se à quantidade de chuva por metro quadrado em determinado local e em determinado período. O índice é calculado em milímetros. Se dissermos que o índice pluviométrico de um dia, em um certo local, foi de 2 mm, significa que, se tivéssemos nesse local uma caixa aberta, com 1 metro quadrado de base, o nível da água dentro dela teria atingido 2 mm de altura naquele dia. Ou seja, quando escutamos que choveu 7 milímetros na cidade, por exemplo, significa que essa seria a altura média alcançada pela água a partir do chão, na área total da cidade em determinado período de tempo.

A medição do índice pluviométrico em Silva Jardim só foi possível devido a parceria da Prefeitura, através da Semdec com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) e o CEMADEN (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais), pois somente após estas parcerias o município passou a contar com uma estação meteorológica (foto) em Fazenda Brasil e pluviômetros que hoje estão localizados em 08 bairros: Centro, Cabiunas, Caju, Boqueirão, Juturnaíba, Varginha, Imbaú e Nova Silva Jardim, antes desta parceria o município não contava com estação meteorológica e nenhum pluviômetro público.

 

O índice pluviométrico serve de subsídio para a Semdec planejar medidas e ações preventivas contra desastres naturais.

Leia mais:Chuvas de janeiro de 2016 foram 4 vezes maior do que as do ano passado

Prefeitura Municipal de Silva Jardim - CNPJ: 28.741.098/0001-57 - Tels:(22) 2668-1125/2668-1430/2668-2000 - Rua Luiz Gomes, 46, Centro - Silva Jardim/RJ - CEP: 28820-000